Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Skip to main content

Pesquisa

Nossa liderança em Produtos bioterapêuticos

Liderança da Janssen BioTherapeutics

 

Biotherapeutics

<p>Biotherapeutics</p>

Retina image
 

Sanjaya Singh, Ph.D., é Global Head, da Janssen BioTherapeutics na Janssen Research & Development. Sanjaya é responsável por liderar uma organização com foco na pesquisa bioterapêutica, descoberta, toxicologia, farmacologia clínica e colaboração externa estratégica. Nesse cargo, Sanjaya impulsiona a estratégia e a visão geral para expandir e aplicar os recursos da Janssen Research & Development na descoberta e no desenvolvimento de terapias baseadas em proteína, peptídeos e células.

Sanjaya é um líder científico e empresarial de sucesso com mais de 25 anos de experiência acadêmica e na indústria. Antes de fazer parte da Johnson & Johnson, Sanjaya passou nove anos na Boehringer Ingelheim, onde mais recentemente ocupou o cargo de Vice President, Biotherapeutics Discovery. Durante esse período, Sanjaya liderou uma equipe global responsável por construir uma linha de produtos competitiva e produtiva de bioterapêuticos pré-clínicos e clínicos. Ele coordenou com êxito a identificação de alvos terapêuticos no campo de imunomodulação e desenvolveu moléculas biológicas nos campos de imunologia, oncologia, oftalmologia e doença cardiometabólica e infecciosa.

No ambiente acadêmico, Sanjaya tinha um cargo no corpo docente no Departamento de Biologia molecular no Instituto de ciências da vida na Índia. Autor de diversos artigos revisados por pares, Sanjaya também é coautor de mais de 25 patentes.

Sanjaya obteve o título de Ph.D. em Biologia molecular na Universidade de Banaras Hindu, Varanasi, Uttar Prades, Índia. Recebeu uma bolsa de pós-doutorado no Departamento de oncologia molecular na Universidade do Texas MD Anderson Cancer Center, Houston, Texas, e como Pesquisador associado no Departamento de bioquímica e biologia molecular, também MD Anderson Cancer Center no Texas.

SANJAYA SINGH, Ph.D.

Global Head, Janssen BioTherapeutics

Timothy Coogan, Ph.D., DABT, é Vice President of Biologics Toxicology, Janssen BioTherapeutics na Janssen Research & Development. Em seu cargo, Timothy lidera um grupo responsável pela concepção, implementação e interpretação de dados provenientes de programas de segurança/toxicologia não clínica para apoiar a dosagem clínica em pacientes e o registro de produtos biológicos e biofarmacêuticos terapêuticos. O grupo de Timothy também é responsável pela realização de estudos experimentais que abordam questões específicas ao alvo e a produtos biológicos durante o desenvolvimento.

Há mais de 20 anos, Timothy trabalha na Janssen Pharmaceutical Companies of Johnson & Johnson, tendo primeiramente atuado como Senior Scientist no grupo de Drug Safety Evaluation. Com experiência em produtos terapêuticos com moléculas grandes e pequenas, Timothy contribuiu ou orientou o desenvolvimento não clínico de uma série de importantes medicamentos comercializados. Timothy também é Head da Preclinical Pediatric Team, grupo global voltado para fornecer orientações sobre o suporte não clínico para produtos terapêuticos usados em populações pediátricas. Escreveu diversos artigos e capítulos de livros sobre o suporte não clínico no desenvolvimento de medicamentos pediátricos a partir dessa experiência.

Timothy é membro titular da Society of Toxicology e Past-President do Mid-Atlantic Chapter of the Society of Toxicology. Também é Adjunct Assistant Professor na School of Pharmacy da Temple University na Pensilvânia e é certificado pelo conselho em Toxicologia.

Dr. Coogan recebeu seu Bacharelado em Biologia pela Drexel University e obteve seu Doutorado em Farmacologia pela University of the Sciences na Filadélfia.

Timothy P. Coogan, Ph.D., DABT

Vice President, Biologics Toxicology, Janssen BioTherapeutics

Hugh Davis, Ph.D., Vice President of Biologics Development Sciences, Janssen BioTherapeutics na Janssen Research & Development. Em seu cargo, Hugh lidera a equipe responsável pela bioanálise farmacocinética (PK), avaliação e pesquisa da resposta imunológica, bem como pela modelagem e simulação PK.

Trabalha na Janssen Pharmaceutical Companies of Johnson & Johnson há mais de 13 anos, atuando como Director of Clinical Pharmacology quando ingressou na empresa. Antes de ingressar na Johnson & Johnson, Hugh atuou como Global Head do Pharmacodynamics and Exploratory Research Laboratory (PERL) na GlaxoSmithKline, onde liderou uma equipe dedicada ao desenvolvimento e à validação de análises de biomarcadores farmacodinâmicos para uso na avaliação de compostos.

Com mais de 25 anos de experiência nas indústrias farmacêutica e de biotecnologia, Hugh é autor de diversas publicações científicas e atuou como revisor do British Journal of Pharmacology and Clinical Pharmacology and Therapeutics. Também assumiu cargos de docência em várias instituições acadêmicas na região da Filadélfia e Pensilvânia, incluindo Villanova University, Thomas Jefferson University e Immaculata University.

Obteve seu Bacharelado em Química pela Gannon University em Erie, Pensilvânia, e seu diploma de Medicina e Doutorado em Bioquímica pela Villanova University.

Hugh M. Davis, Ph.D.

Vice President, Biologics Development Sciences, Janssen BioTherapeutics

Barry Springer, Ph.D., é Vice President of Technology, Strategy and Operations, Janssen BioTherapeutics na Janssen Research & Development. Barry é responsável por conduzir a coordenação de iniciativas estratégicas da organização e por liderar as iniciativas de parcerias de negócios na área científica. Ele ajuda a formar colaborações internas e externas, incluindo interações mais sólidas entre as atividades de pesquisa de moléculas grandes e pequenas e as plataformas tecnológicas. Em seus mais de 10 anos de colaboração na Janssen, Barry ajudou a identificar e estabelecer parcerias externas estratégicas para a pesquisa de descoberta de produtos biológicos e farmacêuticos.

Com mais de 23 anos de experiência na descoberta e desenvolvimento de medicamentos, a experiência de Barry abrange a descoberta e o desenvolvimento de moléculas grandes e pequenas. Antes de ingressar na Janssen Pharmaceutical Companies of Johnson & Johnson, Barry trabalhou durante sete anos na 3-Dimensional Pharmaceuticals em vários cargos, mais recentemente como Executive Director de Macromolecular Sciences no momento da aquisição da organização pela Johnson & Johnson. Nessa função, Barry foi responsável por todas as plataformas que permitiram a descoberta de medicamentos e pelas equipes e programas de engenharia, expressão e purificação de proteínas e biologia estrutural, bem como pela integração da empresa à organização Johnson & Johnson.

É autor de diversas publicações em periódicos científicos e participou de várias palestras como convidado. Também recebeu várias patentes, bem como subsídios de pesquisa do National Institutes of Health e National Institutes of Standards and Technology por seu trabalho na área de biotecnologia.

Possui Bacharelado em Microbiologia, Mestrado em Biologia e Doutorado em Bioquímica pela University of Illinois. Também foi bolsista de pós-doutorado no Department of Chemistry da University of California.

Barry Springer, Ph.D.

Vice President, Biologics Research, Janssen BioTherapeutics

Robert Willenbucher, M.D., é responsável por coordenar os esforços do grupo de terapia celular em toda a Janssen Research & Development e por liderar uma equipe dedicada a avaliar produtos terapêuticos baseados em célula que respondem às necessidades médicas significativas não atendidas. Sua liderança inclui a supervisão do programa de liderança, CNTO 2476, na degeneração retinal.

Após vários anos de prática de medicina, Robert começou sua carreira na indústria em 1998 na Otsuka America Pharmaceutical e ingressou na Johnson & Johnson pouco depois, em 1999. Desde então, ocupou vários cargos com responsabilidades cada vez maiores em toda a organização. Antes de assumir seu atual cargo, Robert liderou a Stem Cell Organization, que primeiramente foi inaugurada como Stem Cell Internal Venture (SCIV). Nessa função, liderou o SCIV para iniciar com sucesso um novo medicamento experimental e o desenvolvimento clínico do CNTO 2476, que agora é desenvolvido dentro do grupo de terapia celular.

Além de sua experiência na indústria, Robert passou nove anos no meio acadêmico, onde ocupou cargos de docência na University of California, em São Francisco, e na University of California, em Los Angeles.

Robert recebeu seu diploma de Medicina pela Columbia University College of Physicians and Surgeons, recebeu um M.B.A. pela Wharton School of Business na University of Pennsylvania e é médico internista e gastroenterologista certificado pelo conselho.

Robert F. Willenbucher, M.D.

Head, Janssen Cell Therapy, Janssen Research & Development