Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Skip to main content

Pesquisa

Liderança do Janssen Prevention Center

A equipe administrativa do Janssen Prevention Center reúne as habilidades complementares e a experiência de dois líderes científicos.

Janssen Prevention Center

Janssen Prevention Center 

neurons

Como Chefe de operações e de assuntos médicos no Janssen Prevention Center, Frank de Wolf supervisiona operações nas três instalações do centro no mundo, ao mesmo tempo em que apóia o desenvolvimento estratégico a partir de uma perspectiva clínica. Ele foi Diretor de operações e Diretor médico de operações do Crucell Vaccine Institute (CVI), parte do Janssen Research and Development, de dezembro de 2012 até a formação do Janssen Prevention Center, em 1º de janeiro de 2015.

Ele tem um M.D. e um Ph.D. e é médico microbiologista registrado. Depois de trabalhar como clínico geral por diversos anos, em 1984 ele entrou para o então novo campo da pesquisa em HIV/AIDS, iniciando importantes estudos de coortes. Ele criou a fundação holandesa de monitoramento do HIV da qual foi diretor de 2001 até o final de 2012, quando deixou o cargo para juntar-se ao CVI.

Desde 1989, Frank é Professor associado de Virologia na Universidade de Amsterdã, Holanda. Ele também ocupa o cargo acadêmico de Professor de retrovirologia clínica no Departamento de epidemiologia de doenças infecciosas, na School of Public Health do Imperial College London, Reino Unido. O insight de Frank no desenvolvimento de modelos matemáticos de patogênese de doenças com base em estudos de coortes é de grande valor para orientar a avaliação de novas abordagens para a prevenção de doenças não-transmissíveis, o foco de pesquisa do Janssen Prevention Center.

Frank é membro do Dutch Association of Medical Microbiology (NVMM), da European Society for Clinical Virology (ESCV), Dutch Association of AIDS Treating Physicians (NVHB) e da Royal Dutch Association of Physicians (KNGF). 

Frank de Wolf, M.D., PH.D.

CHEFE DE OPERAÇÕES E ASSUNTOS MÉDICOS, JANSSEN PREVENTION CENTER

Como Head of technology do Janssen Prevention Center, Anthony Williamson tem ampla responsabilidade na aquisição e desenvolvimento de tecnologias inovadoras para a prevenção de doenças não-transmissíveis. Ele traz para esta função um histórico impressionante em termos de inovação e descobertas científicas, um olhar perspicaz para pioneirismo científico e a capacidade de construir colaborações de classe mundial, bem como um conhecimento local.

Anthony foi nomeado para a equipe de gestão do Janssen Prevention Center quando o centro foi lançado no início de 2015. Ele juntou-se à organização Janssen Research & Development como Senior director de Inovação e Descobertas do Crucell Vaccine Institute (CVI), em 2011, criando um novo laboratório em La Jolla (San Diego, CA, Estados Unidos) naquele ano. Como líder do laboratório até meados de 2013, ele conduziu o desenvolvimento e a aplicação de novas tecnologias para descobertas e engenharia de anticorpos, e iniciou programas de vacinas tendo como alvo doenças infecciosas e não-transmissíveis.

Em junho de 2013, Anthony mudou-se para Londres, Reino Unido, para estabelecer uma base do CVI em pesquisa de microbioma, campo emergente que oferecia oportunidades animadoras para prevenção, intercepção e tratamento de doenças. As habilidades de descoberta estabelecidas em Londres e La Jolla sob a liderança de Anthony passaram para o Janssen Prevention Center após o seu lançamento, junto com o conhecimento em pesquisa complementar baseado em Leiden, Holanda.

Antes de juntar-se ao CVI, Anthony co-fundou e liderou duas empresas de biotecnologia baseadas nos Estados Unidos: Calmune Corporation e Prion Solutions Inc. Ele trabalhou no Departamento de imunologia do Scripps Research Institute em La Jolla, Califórnia, de 1992 a 2007, sendo que nos últimos quatro anos como Professor associado.

Anthony tem um Ph.D. em imunologia molecular e ganhou diversos prêmios acadêmicos por seu trabalho, o qual levou a avanços no uso de anticorpos monoclonais como ferramentas de pesquisa poderosas para ganhar insights em doenças provocadas por príons. 

Anthony Williamson, PH.D.

HEAD OF TECHNOLOGY, JANSSEN PREVENTION CENTER