Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Skip to main content

Pesquisa

Aplicando os Princípios da Química Sustentável

Aplicando os Princípios da Química Sustentável

Nossa série sobre química sustentável continua com uma exploração de como nós na Janssen abordamos e ativamos estes princípios vitais. Clique aqui para uma cartilha sobre química sustentável. Neste espaço você encontrará recursos adicionais sobre como nossos laboratórios e fábricas estão aproveitando a química sustentável para obter benefícios ambientais e comerciais.

A Janssen está comprometida com os princípios da química sustentável, fazendo escolhas inteligentes para minimizar ou eliminar os impactos ambientais sempre que possível.

Fazemos isso avaliando sistematicamente o impacto ambiental dos nossos produtos, incluindo energia, materiais e água utilizados durante o ciclo de vida do produto, e aplicando os 12 Princípios da Química Sustentável aos nossos processos farmacêuticos. Nosso objetivo é desenvolver e fabricar produtos e soluções mais sustentáveis para criar um futuro saudável, incorporando a química sustentável e as tecnologias ao ciclo de vida de nosso produto, desde o desenvolvimento e fabricação até o descarte.

Estamos orgulhosos por conservar a energia e a água, eliminar ou reduzir o uso de materiais perigosos, melhorar e aumentar os recursos renováveis e sustentáveis e limitar os resíduos, ao mesmo tempo em que trabalhamos para resolver algumas das necessidades médicas mais importantes de hoje.

Apesar do conceito de química sustentável estar se tornando popular agora, ele não é novo para nós. Há mais de duas décadas a Janssen começou a trabalhar para retirar produtos tóxicos de seus processos. Nós informamos publicamente nosso progresso como parte das Metas de Prevenção de Poluição 1993-2000 da Johnson & Johnson, demonstrando um progresso significativo na sustentabilidade em áreas como energia, água, embalagens, produtos tóxicos, geração de resíduos perigosos, descarte de resíduos sólidos, reciclagem e eliminação de águas residuais. Como parte desse projeto, a Janssen adotou uma versão da ferramenta de Projeto para o Meio Ambiente da Agência de Proteção Ambiental dos EUA para ajudar a identificar substâncias preocupantes e substituir por produtos químicos menos poluentes.

Através do Conselho de Sustentabilidade Janssen -, formado em 2009, nossos líderes incentivam um maior desenvolvimento e uma maior integração da química sustentável e das tecnologias, como parte de nossos esforços de sustentabilidade, através de nossas organizações de Pesquisa e Desenvolvimento e Fornecimento.

"Nós abraçamos nossa herança de sustentabilidade por meio de Nosso Tema e escolhemos assumir um papel de liderança no avanço da química sustentável."

Philip Dahlin

Diretor de Sustentabilidade na Janssen

Desde a sua criação, em 2012, participamos do programa europeu CHEM21, uma colaboração entre cinco empresas farmacêuticas europeias e 13 parceiros acadêmicos. Sua meta é se transformar em um polo de pesquisa e centro de excelência europeu para treinamento e informação sobre as melhores práticas em química sustentável.

A Janssen, representando a Johnson & Johnson, é também membro fundador da Mesa Redonda Farmacêutica do Green Chemistry Institute da American Chemical Society (ACS-GCIPR), que também pretende informar e incentivar a pesquisa e educação em química sustentável.   

Nosso compromisso com a ciência sustentável remonta ainda mais longe - mais de 70 anos, na verdade, quando o fundador da Johnson & Johnson, Robert Wood Johnson, incorporou esses princípios em nosso Tema, para nos lembrar que "devemos manter em ordem a propriedade que temos o privilégio de usar, protegendo o meio ambiente e os recursos naturais".

Receber o reconhecimento pelo nosso trabalho reforça o valor dos nossos esforços - e, é claro, nos faz sentir realizados. A Johnson & Johnson recebeu muitos títulos internacionais por seus esforços de sustentabilidade, como a indicação para a lista de 50 Melhores Marcas Verdes da Interbrand/Deloitte todos os anos de 2011 a 2014.

A Janssen também obteve reconhecimento através do certificado EARTHWARDS® da Johnson & Johnson, que celebra o pensamento inovador, soluções mais sustentáveis e maior valor ao longo do ciclo de vida de um produto. "Por aplicar os princípios da química sustentável na formulação de um dos nossos produtos de oncologia", diz Philip Dahlin, Diretor de Sustentabilidade da Janssen, "nós dobramos o rendimento do processo e obtivemos reduções significativas do uso de matéria-prima, água e na geração de resíduos perigosos".

Ao todo, oito produtos Janssen cumpriram até agora o rigoroso programa EARTHWARDS®. Cada um deles resultou em benefícios, tais como o aumento da utilização de energias renováveis; a redução do uso de água, matéria-prima, embalagens e redução de geração de resíduos perigosos, além do aumento na produtividade.

"Nós abraçamos nossa herança de sustentabilidade por meio de Nosso Tema e escolhemos assumir um papel de liderança no avanço da química sustentável", diz Phil. "Mas no final a gestão ambiental é de suma importância para o nosso negócio, pois um planeta saudável é vital para todos nós para que possamos desfrutar de uma vida feliz e saudável."

 

Sustainability

Sustainability

Pajaros, Julius Caesar Bustamante
Julius Caesar Bustamante, Pajaros